Shares
Quando e a hora de largar meu emprego quero empreender

Quero empreender: quando é a hora de largar o emprego?

Empreender vem se tornando uma meta de muitos brasileiros. Seja pela necessidade ocasionada por um desemprego, pela vontade de ter um negócio próprio ou apenas para ter uma renda extra, as oportunidades são muitas, e a ansiedade é maior ainda. Mas quando é a hora certa de largar o emprego?

Muitas pessoas podem acabar colocando “a carroça na frente dos bois”, deixando a segurança de seus empregos formais para se dedicar inteiramente a um negócio — muitas vezes nem mesmo tendo um planejamento.

Neste artigo vou falar um pouco sobre as medidas que você deve tomar para construir um negócio que te permita empreender com segurança financeira e finalmente largar o emprego. Continue comigo!

Por que empreender?

Empreender significa ser o seu próprio patrão ou não ter patrão, e este tipo de pensamento tem levado muitas pessoas a tomar a decisão de largar o emprego.

Algumas vezes, isso acontece devido ao descontentamento com a sua carreira, atritos com chefes, falta de liberdade de horários ou satisfação profissional e alguns outros fatores.

Veja a sequência ideal de motivações para saber o momento certo de começar um negócio e largar o emprego:

  1. Descontentamento com a situação atual
  2. Busca de alternativas de trabalho e/ou maior satisfação profissional
  3. Entendimento de oportunidade não testada
  4. Investimento em idéia estudada
  5. Transição baseada em resultados

No primeiro estágio, a pessoa se encontra numa situação desfavorável — seja no descontentamento com a empresa, com o chefe, com o salário, com a carga horária, com o trânsito, entre outros.

O descontentamento, no entanto, não deve ser motivação para tomar a decisão de largar o emprego, mas sim de avançar para o próximo estágio: buscar uma alternativa, um caminho de saída que proveja outro formato de trabalho mais satisfatório que o modelo atual.

Ao abrir os olhos para perceber novas oportunidades, um leque extenso de opções pode se apresentar, favorecendo a escolha por um caminho específico, onde o conceito de trabalho e de ganhos deve ser estudado e esclarecido para se tomar uma boa decisão.

Com mais clareza sobre a oportunidade, o investimento nos primeiros passos desta possibilidade é possível graças ao poder da internet, que nos permite começar um negócio nas nossas horas vagas como um projeto paralelo, coincidindo com o trabalho atual.

Aos primeiros sinais de resultados reais na direção da oportunidade validada, a decisão de largar o emprego fica facilitada, pois você já consegue ter perspectiva de resultados, e planejar uma boa transição.

Os maiores problemas ocorrem quando alguma destas etapas é “queimada”, e a decisão de largar o emprego se torna precoce — o que pode gerar ainda mais sofrimento.

A importância do planejamento

Planejar não é uma ação comum para a maioria das pessoas — normalmente as decisões acontecem no ritmo em que as situações se apresentam, mas este formato enfraquece as decisões e gera muito risco.

Uma forma simples de elaborar um planejamento de transição é entender que uma transição para o empreendedorismo é um projeto, e não uma tarefa.

Um projeto é uma sequência de tarefas que gera um determinado resultado, então o planejamento precisa contemplar as principais tarefas que precisam ser feitas para fazer o negócio funcionar antes de largar o emprego para empreender.

A decisão mais errada que um potencial empreendedor poderia ter seria a de sair de um emprego seguro para então começar a entender como fazer um negócio funcionar.

Antes deste momento do ultimato, muita preparação deve ser feita, em estudos, etapas que podem ser cumpridas para dar os primeiros passos do negócio.

Pense bem e planeje bem para tomar decisões melhores e ter mais sucesso.

Preparação Financeira

As motivações para empreender em si já servem de passo a passo para você ter mais consistência na sua decisão de empreender, mas a preparação e planejamento para o momento desta decisão são essenciais para garantir o sucesso da transição.

Um dos principais aspectos da transição de largar o emprego para empreender é a segurança financeira.

Uma recomendação fundamental é de fazer uma reserva de segurança financeira, pois na maioria dos casos não é tão simples ganhar dinheiro rapidamente.

O negócio tem um tempo de maturidade até conseguir atingir suas primeiras cifras, e neste período você certamente precisará se manter, além de fazer investimentos.

A recomendação mínima é de que se tenha em reserva 6 à 12 meses do seu custo de vida total mais os investimentos que serão necessários para fazer o negócio caminhar neste período.

É esta reserva que vai garantir o seu sustento, no mesmo padrão de vida, caso o seu negócio tome tempo para começar a gerar receita.

Responsabilidade de empreender

Além da responsabilidade financeira, largar o emprego para empreender também gera responsabilidades e comportamentos diferenciados.

O movimento de empreender gera 3 responsabilidades diferentes:

  • Responsabilidade social
  • Responsabilidade com o negócio
  • Responsabilidade com clientes

A responsabilidade social diz respeito às pessoas próximas a você, pois empreender vai exigir que você tome atitudes diferentes, e um novo estilo de vida precisará entrar em cena.

A família precisa estar disposta a colaborar, e é difícil para a dinâmica familiar diferenciar os momentos em que você estará dedicado à sua atividade dos momentos que você está disponível.

No começo será difícil para filhos, cônjuges e pais se habituarem a entender que você precisa deste espaço.

O seu próprio comportamento também demonstrará a sua responsabilidade com o negócio. Será preciso dedicar tempo e energia para fazer as coisas acontecerem.

E certamente o seu negócio precisará de clientes, por isso entender o nível de responsabilidade que você assume ao firmar compromissos com as pessoas demonstra a sua maturidade de negócios, que vai permitir com que a sua decisão de largar o emprego tenha sido positiva.

Considerações finais

O melhor momento para largar o emprego e empreender é o momento que você tem maior consciência e clareza da situação geral, dos próximos passos e da perspectiva que tem com o seu negócio próprio.

Quando a sua decisão segue um raciocínio, e não um impulso emocional, você tem mais poder de ação e reação perante os novos desafios de administrar um negócio.

Manter a mente firme e um bom plano de ação serão os fatores que vão determinar o sucesso da sua iniciativa.

Cadastre-se em nossa newsletter para receber mais dicas como essas e novos artigos que te vão te ajudar a ter mais sucesso com o seu negócio.